Romantismo Poesia Indianista

Além disso, também há o poema narrativo indianista "I-Juca Pirama". Conhecida como geração condoeira. o Romantismo no Brasil e sua divisão em três fases alguns poemas dos poetas brasileiros que marcaram cada uma das fases: Gonçalves Dias (1 a geração – indianista), Álvares de Azevedo (2 a geração – ultrarromântica) e Castro Alves (3 a geração – condoreira). A saída que preconizam é a denúncia social e a repulsa á condição humilhante do ser humano escravizado. Romantismo brasileiro, a Gonçalves Dias atribui-se a sua consolidação. Primeira geração – Poesia indianista • Utilizava temas do cenário local, oferecendo identidade nacional ao romantismo brasileiro. Indianismo Gonçalvino: É a idealização do nativo na poesia de Gonçalves Dias. No Brasil, o Romantismo desenvolveu-se principalmente nos gêneros romance e poesia. Observe abaixo algumas de suas características divididas em cada geração. Essas fontes são constituídas pelo conjunto de escritos do período colonial. Não era um grande poeta e é considerado um poeta importante apenas pela introdução do Romantismo com seu livro Suspiros poéticos e saudades. Fagundes Varela, embora byroniano, já tinha em sua poesia algumas características da terceira geração do romantismo. O Último Tamoio (1883 - óleo sobre tela - 180 x 260cm) foi realizado por Rodolfo Amoedo em Paris durante o período que ele freqüentou ateliês de acadêmicos franceses. Dicas grátis e práticas. Tem por base o cavaleiro medieval (herói, nobre, guerreiro, fiel aos deveres). Suas características incluem a exaltação à pátria, à natureza exuberante, a exaltação do ideal nacional e do amor idealizado. A poesia indianista expressa um ideal de homem brasileiro, que é retratado no índio mítico e lendário, inspirado no “bom selvagem” de Jean Jacques Rousseau. O romantismo no país durou anos e deu lugar ao realismo. LPeU > artigo > Romantismo e o panorama histórico. A temática indianista que caracteriza sua obra apresenta forte colorido e ritmo. 1ª geração - Indianista. • Romantismo é movimento de reação à nova realidade, não proposição de algo novo. Tradicionalmente, a poesia do Romantismo brasileiro é dividida em três diferentes gerações. Ou seja: nativismo e afetividade - pitoresco e confidência - nacionalismo intenso e vibração emocional - indianismo (muitas vezes exacerbado). É interessante mostrar aos alunos as fotos dos autores, disponíveis em sites consultados. Poesia: As Primaveras (1859). Entre os principais conteúdos cobrados nas provas de Literatura dos vestibulares do País, se destaca o Romantismo. O livro também dispõe de partes Naturalistas e outras Românticas, quando ele age por instinto, o que seria o Naturalismo, e quando ele age como um herói e o fato das mulheres serem todas boas e puras, o que seria o Romantismo (idealização da mulher). Share on facebook Share on twitter Share on whatsapp Share on email Share on linkedin A GERAÇÃO INDIANISTA – CARACTERÍSTICAS MEIRELLES, Victor. a) Observa-se um detrimento da poesia em favor da prosa. Nas décadas de 50 e 60 do século XIX, durante o Romantismo, jovens poetas universitários de São Paulo e Rio de Janeiro reuniram-se em um grupo, dando origem à poesia romântica brasileira conhecida como Ultra-Romantismo. II) O(A) autor(a) do poema épico Vila Rica, no qual exalta os bandeirantes e narra a história da atual Ouro Preto, desde a sua fundação, cultivou a poesia. acreditamos. Seu avô, o importante pintor Nicolau Antônio Taunay, foi um dos chefes da Missão Artística francesa, que veio para o Brasil a convite de D. Os primeiros países que iniciaram o movimento romântico foram Alemanha (1790 – 1830), Inglaterra (1790 – 1832) e França (1825 – 1850). Esse período é caracterizado por manifestações culturais, artísticas e literárias iniciadas na Europa no final do século XVIII. O Romantismo brasileiro no estilo prosaico. Os principais escritores desse período foram Gonçalves de Magalhães e Gonçalves Dias, considerado o primeiro grande poeta do romantismo no país. Seu grande poema indianista Os Timbiras ficou incompleto, pois durante o naufrágio em que o poeta morreu perderam-se também os textos. Mas nas representações típicas do primeiro Romantismo – o da chamada geração indianista – o negro nem existe na paisagem literária: o que funda a nação é a mistura – quando não a amizade – entre índios e europeus. O romance estava em ascensão na Europa e não tardou a fazer sucesso também por aqui. A primeira geração do romantismo no Brasil, de 1836 a 1852, foi caracterizada principalmente pelo indianismo e o nacionalismo. Os poetas românticos usavam e abusavam das metáforas, palavras estrangeiras, frases diretas e comparações. No romantismo brasileiro podemos reconhecer três gerações: geração nacionalista ou indianista; geração do "mal do século" e a "geração condoreira". Os escritores desse período buscaram, em suas obras (romances e poesias), valorizar a figura do índio brasileiro. Fundamentou as bases da poesia brasileira, consolidando o Romantismo. A Poesia de Gonçalves Dias. A tendência indianista do Romantismo brasileiro tinha por objetivo a desmistificação do papel do índio na história do Brasil desde a colonização. 1ª geração romântica_2ª geração romântica b. É Patrono da cadeira nº. 1ª Geração – nacionalista, indianista e religiosa. Essas três gerações citadas acima, apenas se aplicam para a poesia romântica, pois a prosa no Brasil, não foi marcada por gerações, e sim por estilos de textos - indianista, urbano, histórico e regional - que aconteceram todos simultaneamente. O romantismo é definido como a arte da burguesia e pretendia sobrepujar a concepção clássica da arte. • Agentes do discurso. Entre os principais conteúdos cobrados nas provas de Literatura dos vestibulares do País, se destaca o Romantismo. Junqueira Freire, com estilo dividido entre a homossexualidade e a heterossexualidade, demonstrava as idiossincrasias da religião católica do século XIX. Please try again later. O Romantismo brasileiro no estilo prosaico. A partir do apoio de D. 0 0 - A literatura indianista cumpriu um claro projeto de fornecer aos leitores um passado histórico, quando possível, verdadeiro, se não, inventado. Dele destacou-se Gonçalves Dias, na poesia, e José de Alencar, na prosa. A história do Romantismo literário é bastante controversa. A poesia de Tobias Barreto vincula-se à terceira geração do Romantismo; de acordo com o crítico Antonio Candido, "Tobias Barreto trovejava no Recife a grandiloquência que se chamou condoreira e que o moço Castro Alves absorvia, quando estudante naquela cidade, com a predisposição de leitor precoce de Victor Hugo. O berço do romantismo pode ser considerado três países: Itália, Alemanha e Inglaterra. O movimento, que se desenvolveu na Europa na virada dos séculos XVIII para XIX, teve início no Brasil no ano de 1836, com a publicação de Suspiros Poéticos e Saudades, de Gonçalves de Magalhães. Nele tivemos uma grande incorporação de elementos de brasilidade na literatura e um aproveitamento do modelo europeu adaptado às características brasileiras. Esses poemas foram escritos entre os anos de 1823 e 1864 e representam a tradição romântica européia do amor verdadeiro e a temática nacionalista do índio e da natureza. Obras: Pálida à Luz, Soneto, Lembranças de Morrer, Noite na Taverna. Podemos perceber isso claramente nos versos do seu poema Canção do exílio, que escreveu quando estava afastado do país. Seu grande poema indianista Os Timbiras ficou incompleto, pois durante o naufrágio em que o poeta morreu perderam-se também os textos. Que foi de suma importância para a crescimento da literatura brasileira. Essa divisão diz respeito, sobretudo, à poesia romântica, já que a prosa do período reúne características das três gerações. Antônio Gonçalves Dias nasceu em Caxias, Maranhão, no dia 10 de agosto de 1823. O indianismo resgatava o ideal do "bom selvagem" (Jean-Jacques Rousseau), segundo o qual a sociedade corrompe o homem e o homem perfeito seria o índio, que não tinha nenhum contato com a sociedade européia. O Romantismo (com letra inicial maiúscula) é a escola literária de um momento artístico, e o termo romance designa um tipo de narrativa. Foi por isso chamada “poesia de comício”. Poesia fortemente marcada pela temática e proposta estética da fase inicial do Romantismo, a poesia desse autor abre caminho para a necessidade de formação de nossa identidade cultural através da busca de nossas raízes históricas. a) Trata-se de um poema pertencente à terceira fase do Romantismo, na qual prevalece a poesia de cunho social, caracterizada pelo uso de linguagem inflamada e grandiloquente. Fagundes Varela, embora byroniano, já tinha em sua poesia algumas características da terceira geração do romantismo. O autor passa a usar a literatura como forma de explorar sentimentos comuns à sociedade, como: o amor, a cólera, a paixão etc. Já no Brasil, o Romantismo marcou a formalização da literatura brasileira, contou com diversos autores e uma produção riquíssima na prosa e na poesia. É considerado o precursor do Romantismo no Brasil em quatro características, a saber: indianista, psicológica, regional e histórica. Neste vídeo o professor João Marcos De Camillis fala sobre "Romantismo - Indianismo". Assinale o contexto histórico do período do romantismo: a) Iluminismo b) Revolução Francesa c) Inconfidência Mineira d) Impeachment do Collor e) Descobrimento do Brasil 11. Em Portugal o processo de instauração do Romantismo foi lento e incerto. Poesia lrica e indianista, de Gonalves Dias. A terceira geração do romantismo brasileiro centrava-se na poesia social influenciada pelos acontecimentos do final do segundo império do Brasil e pela obra de Victor Hugo. Primeira Geração, Indianista ou Nacionalista, principais poetas: Gonçalves de Magalhães e Gonçalves Dias. Característica essencial – Nacionalismo. A onda de valorização da terra, dos índios e de todos os aspectos que moldavam o Brasil foram grandes influenciadores da primeira geração. O romantismo no país durou anos e deu lugar ao realismo. O romantismo é definido como a arte da burguesia e pretendia sobrepujar a concepção clássica da arte. Tem por base o cavaleiro medieval, que é herói e guerreiro. A poesia romântica comportou diversos temas. Surgiu, então, a primeira fase do Romantismo, que era o Indianismo (Primeira Geração), que tinha como característica valorizar e exaltar tudo o que o Brasil tinha de bom: exaltação do índio (daí vem o nome "indianismo"), da natureza, da liberdade, além da presença do forte espírito patriótico (nacionalismo ufanista). Maior representante da poesia indianista. Inúmeros jornais e folhetins traziam em suas páginas as belas traduções de romances europeus de cavalaria ou de amores impossíveis. 17:57 Romantismo - Poesia 4 comments Na Europa, a partir da metade do século XVIII, surgiram autores que apresentaram novas concepções literárias. Todos a bordo salvaram-se, à exceção do poeta que, por estar agonizando em seu leito, foi esquecido, tornando-se a única vítima fatal do desastre. Sua obra poética apresenta os gêneros lírico e épico. O sentimentalismo e a religiosidade são outras características presentes. LPeU > artigo > Romantismo e o panorama histórico. Uma obra publica em 1774 – o romance: Os sofrimentos do jovem W erther, do escritor alemão Goethe – pode ser considerado o marco inicial da escola romântica na Europa. Além disso, ele lançou na França a revista intitulada de Brasiliense. O berço do romantismo pode ser considerado três países: Itália, Alemanha e Inglaterra. Iracema fala sobre a conciliação entre o homem branco e o índio, é uma ficção romântica e exemplo do romance do nacionalismo ufanista e indianista. Embora os poemas indianistas sejam considerados os mais importantes de Gonçalves Dias,nenhum de seus poemas é mais conhecido dos brasileiros e parafraseado por outros poetas do que a ''Canção do exílio''(1843),um poema de forte conteúdo nacionalista. Nessa fase, ganharam destaque. Em sua ultima fase, o romantismo brasileiro trocou a mística indianista, ideologia formativa de cunho conservador, pela militância liberal. Foi a primeira escola literária do país que ganhou mais independência se comparado à literatura europeia. Foi através da poesia lírica que o romantismo ganhou formato na literatura dos séculos XVIII e XIX. ROMANTISMO NO BRASIL • No Brasil, o Romantismo é inaugurado em 1836 com a publicação de Suspiros Poéticos e Saudades, livro de poemas deGonçalves de Magalhães. Considerado por muitos a obra prima do poeta maranhense. As imagens são meramente ilustrativas de um produto novo e não correspondem com exatidão ao estado dos produtos reembalados e suas embalagens. No romance indianista, o índio era o foco da literatura, pois era considerado uma autêntica expressão da nacionalidade, e era altamente idealizado. Em vez do índio, da natureza e da pátria, ganham ênfase a angústia, o sofrimento, a dor existencial, o amor que oscila entre a. Destacaram-se, nessa fase, Gonçalves Dias, na poesia, e José de Alencar, na prosa. Romantismo no Brasil - Poesia. O Romantismo brasileiro, retratado na categoria prosaica, manifestou-se sob algumas vertentes específicas: urbana, regionalista e indianista. O ufanismo nativista, que a primeira geração romântica tanto valorizou,já não sensibilizava os novos poetas. Álvares de Azevedo (1831-1852), autor de Lira dos Vinte Anos, é um dos representantes do ultra-romantismo, caracterizado pela poesia egocêntrica, sentimental e pessimista. Características das 3 gerações da poesia romântica. Em terceiro lugar, a difusão européia do Romantismo tomou como românticas as formas pré-românticas da Inglaterra e da Alemanha, privilegiando, portanto, apenas o sentimentalismo em detrimento da complicada reflexão do Romantismo de Jena. Álvares de Azevedo continua a surpreender milhares de jovens que ainda não esqueceram de suas grandes obras marcadas pela melancolia de não ter um amor, pela boemia e tuberculose retratadas de forma excepcional. Com a obra de José de Alencar o indianismo romântico é expressão do épico associado ao lírico em dimensões míticas. Além disso, o amor e a mulher são quase sempre idealizados. Iracema fala sobre a conciliação entre o homem branco e o índio, é uma ficção romântica e exemplo do romance do nacionalismo ufanista e indianista. Obra: Canção do exílio; e Araújo Porto Alegre que fundou com os outros dois a Revista Niterói-Brasiliense. c) o marco inicial do Romantismo em Portugal é a publicação do poema "Camões". Período histórico O Romantismo teve início na 1ª metade do. 1ª Geração – nacionalista, indianista e religiosa. Vários fatores contribuíram para a sua implantação. e) o Romantismo negou os rigores da expressão clássica e lusitana, mas incorporou a tradição literária da poesia colonial. Neste período, nosso país ainda vivia sob a euforia da Independência do Brasil. Romantismo – 1ª GeraçãoPoesia Indianista I-Juca-Pirama No meio das tabas de amenos verdores, Cercadas de troncos – cobertos de flores, Alteiam-se os tetos d’altiva nação; São muitos seus filhos, nos ânimos fortes, Temíveis na guerra que em densas coortes Assombram das matas a imensa extensão. Primeiro grande poeta do Romantismo brasileiro. O Romantismo é um movimento estético e cultural que predominou no Ocidente durante o final do século XVIII e início do século XIX. São elas: Primeira geração: nacionalista, indianista e religiosa. O objetivo maior era tentar construir uma narrativa para o país há tão pouco independente. Destaca-se nesta fase os seguintes escritores : Gonçalves de Magalhães, Gonçalves. ( ) Renascentista. Como os seus ídolos europeus, os nossos românticos exibem fundos traços de defesa e evasão, que os leva a posições regressivas: no plano da relação com o mundo e no das relações com o. Fagundes Varela, embora byroniano, já tinha em sua poesia algumas características da terceira geração do romantismo. b) Apenas II. Romantismo no Brasil De acordo com o tema principal, os romances românticos no Brasil podem ser classificados como indianistas, urbanos ou regionalistas. As principais características das três gerações do romantismo no Brasil com relação a poesia, incluindo as principais poesias e seus autores. Publicado em 1851 nos Últimos Cantos. Foi à poesia, porém, que coube o papel de consolidação do Romantismo no país. Dê-me um cigarro Diz a gramática Do professor e do aluno E do mulato sabido Mas o bom negro e o bom branco Da Nação Brasileira. ( ) A corrente indianista pode ser vista como uma espécie de resposta brasileira ao medievalismo dos escritores europeus. Essas três gerações citadas acima, apenas se aplicam para a poesia romântica, pois a prosa no Brasil, não foi marcada por gerações, e sim por estilos de textos - indianista, urbano ou regional - que aconteceram todos simultaneamente. Os autores que se destacam são Gonçalves Magalhães, que foi o introdutor do Romantismo no Brasil. O sentimentalismo e a religiosidade são outras características presentes. Era o nascimento do Romantismo que foi desenvolvendo-se e enriquecendo-se à medida que se expandia. O romance estava em ascensão na Europa e não tardou a fazer sucesso também por aqui. Romantismo Início: final do séc XVIII, por toda Europa, tendo como pioneiros Inglaterra e Alemanha; Divulgadora - França, no Brasil, início em 1836 , com a publicação da Revista brasiliense - Niterói, bem como o livro de poesias românticas, Suspiros poéticos e saudades de Gonçalves de Magalhães. Esse período é caracterizado por manifestações culturais, artísticas e literárias iniciadas na Europa no final do século XVIII. Os poetas românticos usavam e abusavam das metáforas, palavras estrangeiras, frases diretas e comparações. Enquanto no Romantismo a expressão da poesia se fortaleceu em três gerações - nacionalista e indianista; saudosista e mal-do-século; social e condoreira, respectivamente, no Realismo-Naturalismo, a poesia apresenta-se comprometida com a busca de perfeição técnica da obra de arte. Houve nesta fase grande influência da poesia inglesa de Gordon Byron, (1788-1824). O indianismo, na poesia romântica, é a afirmação da nacionalidade e coloca o índio como heroi. Dessa maneira, o nacionalismo é uma característica fundamental da primeira geração do Romantismo brasileiro, sobretudo na poesia, que tradicionalmente é dividida em três diferentes fases. São características do Romantismo:. Até hoje nos influenciamos com suas obras principais. Faz críticas à. O indianismo de nossos poetas românticos é: A) um meio de reconstruir o grave perigo que o índio representava durante a instalação da capitania de São Vicente. No Brasil, o Romantismo reveste-se de um marcante conteúdo nacionalista e de exaltação dos elementos nacionais, pois corresponde ao nosso momento de luta pela emancipação política e de afirmação da nossa nacionalidade. Fagundes Varela, embora byroniano, já tinha em sua poesia algumas características da terceira geração do romantismo. A temática de Gonçalves Dias Poesia indianista O indianismo expressava o tipo ideal do homem brasileiro. Quarta etapa: Abordando a primeira fase romântica os alunos pesquisarão sobre a biografia de Gonçalves Dias [3] (sugestão de site, mas podem pesquisar em outros), nosso maior indianista romântico, que possuía sangue indígena (filho de uma guajajara com um português). 9) Sobre esse poema é INCORRETO afirmar que: a- ( ) Há no poema a presença explícita da natureza como cenário perfeito para a realização do ato amoroso, o que costuma ser uma marca da. ( ) A corrente indianista pode ser vista como uma espécie de resposta brasileira ao medievalismo dos escritores europeus. Todavia, a nova estética literária só viria a se firmar uma década depois com a Questão Coimbrã, quando se aceitou o papel revolucionário da nova poesia e a independência dos novos poetas em relação aos velhos mestres. mesmo distorcida do papel social e ideológico do Romantismo, sobretudo do nosso. Os principais temas abordados eram : amores platônicos, acontecimentos históricos nacionais, a morte e seus mistérios. Em sua obra trata da temática indianista (O Guarani e Iracema ), urbana (Lucíola) e regionalista (O Gaúcho). O Romantismo é a primeira estética literária a reivindicar uma literatura autenticamente brasileira e inaugura a Era Nacional da literatura. A poesia romântica comportou diversos temas. Primeiro grande poeta do Romantismo brasileiro. CARACTERÍSTICAS A busca da identidade nacional (selva, campo, cidade). Considerado por muitos a obra prima do poeta maranhense. A poesia brasileira se desenvolveu no Brasil de uma forma muito criativa e rica em temas e imagens, apesar de muitas vezes não passar de mera influência ou cópia de poetas europeus. A poesia negra no Brasil, em especial, teve seu ápice com Cruz e Souza e Jorge de Lima. O Romantismo pode ser considerado como o início, de fato, da literatura brasileira, pois seu surgimento está relacionado ao nosso processo de independência política de Portugal. É lembrado como um dos melhores poetas líricos da literatura brasileira. A poesia negra no Brasil, sobretudo, teve seu ápice com Cruz e Souza e Jorge de Lima. Inicialmente, era forte a vertente nacionalista ou indianista. a tentativa de diferenciar o movimento das origens européias e adaptá-lo, de maneira nacionalista, à natureza exótica e ao passado histórico brasileiros. Por isso, é também conhecida como a "Geração Byroniana". Inúmeros jornais e folhetins traziam em suas páginas as belas traduções de romances europeus de cavalaria ou de amores impossíveis. Dessa forma, a primeira fase do Romantismo no Brasil apresentou como temas principais o amor impossível, o índio, a saudade da pátria, a natureza e a religiosidade. IMAGENS NO SITE. Romantismo Brasileiro 1ª Geração - representada como nacionalista ou indianista, pois os escritores desse período valorizaram os temas nacionais, a vida do índio e os fatos históricos, que era representado como " bom selvagem" e, por isso, o símbolo cultural do Brasil. É dele a famosa Canção do Exílio. Essa geração trouxe uma poesia com caráter social. Essas três gerações citadas acima, apenas se aplicam para a poesia romântica, pois a prosa no Brasil, não foi marcada por gerações, e sim por estilos de textos - indianista, urbano, histórico e regional - que aconteceram todos simultaneamente. José de Anchieta: Indianismo Barroco. A temática principal de seus poemas era a valorização das maravilhas da natureza pátria, na qual o índio ocupou seu lugar de destaque, tendo como influência as ideias de Rousseau, com o mito do “Bom Selvagem”. b) Registra-se o abandono total do soneto. Detalhismo. Já ao final do Romantismo brasileiro, a partir de 1860, as transformações econômicas, políticas e sociais levam a uma literatura mais próxima da realidade; a poesia reflete as grandes agitações, como a luta abolicionista, a Guerra do Paraguai, o ideal de República. A implantação do romantismo em Portugal ocorreu num contexto sócio-político. No entanto, o poeta ainda é um jovem inocente e terno em face a sua amada corporificada e cheia de desejo. Primeira geração - Poesia indianista • Utilizava temas do cenário local, oferecendo identidade nacional ao romantismo brasileiro. A história da índia Iracema que se apaixona por um europeu, Martim Soares Moreno, personagem histórico real, mistura aspectos mitológicos da cultura indígena com a colonização do Brasil. A maior característica do Romantismo era a visão de mundo que se contrapunha ao racionalismo do período anterior (neoclassicismo). É um dos mais famosos poemas Indianistas do Romantismo Brasileiro. Principais autores ⇒ Principais autores da poesia na primeira geração do Romantismo no Brasil - Domingos José Gonçalves de Magalhães - Antônio Gonçalves Dias. No Brasil, por exemplo, há uma distância considerável entre a poesia de Gonçalves Dias (primeira geração - Indianista ou Nacionalista), de Álvares de Azevedo (segunda geração - Ultra-Romantismo) e de Castro Alves (terceira geração - Condoreira). Por um lado, a poesia do Romantismo no Brasil, 3ª geração, estava empenhada em denunciar as condições de trabalho dos escravos e a realidade social e econômica no país e, por outro, surgiu também uma nova representação da mulher. Tahoma Arial Wingdings Calibri Times New Roman Comic Sans MS Wingdings 3 Webdings Tremido 1_Tremido Foto do Microsoft Photo Editor 3. Modestamente proposto pelo autor como resumo e a despeito de ele ter eleito como público-alvo alunos de graduação, engana-se quem tomá-lo como mera abreviação de Formação da literatura brasileira. Embora os poemas indianistas sejam considerados os mais importantes de Gonçalves Dias,nenhum de seus poemas é mais conhecido dos brasileiros e parafraseado por outros poetas do que a ''Canção do exílio''(1843),um poema de forte conteúdo nacionalista. Gonçalves Dias (1823-1864) foi poeta e teatrólogo brasileiro. o romantismo tem suas origens oficiais na europa, em 1774, quando o alemÃo goethe publica a obra "os sofrimentos do jovem werther". Gonçalves Dias, principal poeta indianista: Primeiros cantos, Segundos cant-. A nova poesia: Dois autores são pioneiros do movimento no país inglês: William Wordsworth e Samuel Coleridge. Por isso há a necessidade de se dividir o Romantismo em gerações. A temática indianista que caracteriza sua obra apresenta forte colorido e ritmo. Nas décadas de 50 e 60 do século XIX, durante o Romantismo, jovens poetas universitários de São Paulo e Rio de Janeiro reuniram-se em um gru. TERCEIRA GERAÇÃO - SOCIAL E LIBERTÁRIA - "CONDOREIRA": aprofundamento do espírito nacionalista, do liberalismo e da poesia social e libertária (condor= ave que consegue voar acima da Cordilheira dos Andes); autor: Castro Alves, o poeta dos escravos, cujos temas eram a escravidão, a república e o amor erótico (Navio Negreiro). Foi através da poesia lírica que o romantismo ganhou formato na literatura dos séculos XVIII e XIX. É a que conta com a maior idealização dos autores, tanto do amor, da pessoa amada, como da vida. Realidade e fantasia tornam-se a única realidade no espaço da poesia lírica romântica, gênero privilegiado dentro desse movimento. O exílio do poeta, em Portugal, era por conta de seus estudos acadêmicos, perceba o saudosismo e o patriotismo do poeta, ligados liricamente à natureza do Brasil. Para copiar ou divulgar nos termos desta licença, copie este bloco de texto. mesmo distorcida do papel social e ideológico do Romantismo, sobretudo do nosso. Romantismo no Brasil De acordo com o tema principal, os romances no Brasil podem ser classificados como indianistas, urbanos ou históricos e regionalistas. pronominais. c) poeta maranhense, um dos principais representantes do Romantismo, escreveu poesias sentimentais e poemas de enaltecimento do índio como, por exemplo, Timbiras. Poesia fortemente marcada pela temática e proposta estética da fase inicial do Romantismo, a poesia desse autor abre caminho para a necessidade de formação de nossa identidade cultural através da busca de nossas raízes históricas. O enraizar-se do romantismo representou o triunfo da oralidade na literatura: o predomínio da experiência da palavra falada sobre o hábito sistemático da leitura reflexiva. A temática de Gonçalves Dias Poesia indianista O indianismo expressava o tipo ideal do homem brasileiro. O poeta, empunhando a lira da Razão, cumpre-lhe vibrar as cordas eternas do Santo, do Justo, e do Belo. A influência de Byron (1788-1824) cede lugar à temática do romantismo social do francês. Os sentimentos são exagerados e aparecem de forma idealizada na poesia. A escola literária romântica ou romantismo, no Brasil, possui três fases. Nessa fase o homem percebeu a necessidade de fugir da realidade pois se sentia em desajuste com a sociedade, portanto voltava ao passado. Mais especificamente a Gonçalves Dias, o poeta mais representativo da primeira fase do movimento. Casimiro de Abreu escreveu As Primaveras, Poesia e amor, etc. Considerado por muitos a obra prima do poeta maranhense. Contexto Histórico no Brasil O período romântico no Brasil inicia em 1836 com a publicação da obra suspiros poéticos e saudades por Gonçalves de Magalhães e acaba em 1881 com a publicação do romance realista Memórias Póstumas de Brás Cubas Machado de Assis. • Valorização da figura indígena (por isso indianista). pode ser identificado com a poesia abolicionista de Castro Alves. *Projeto de construção de uma identidade nacional. Romantismo no Brasil - Prosa O romantismo brasileiro, com relação a prosa, pode ser dividido em: indianista, histórico, urbano e regionalista. Esses novos temas já prenunciam o que seria o Romantismo no Brasil: a representação do indígena e da cor local. A segunda geração foi a do mal-do-século, na qual os poetas se inspiravam nas obras de Lord Byron e a qual se caracterizou pelo chamado ultrarromantismo. Os escritores do romantismo brasileiro suscitaram uma nova forma de fazer poesia e prosa logo depois da Independência do Brasil, em 1822. Ele assumiu em nossa literatura um significado de extrema importância, já que nasceu devido à necessidade de suscitar no brasileiro um sentimento nacionalista para pôr fim à dependência cultural do Brasil com Portugal. O Romantismo no Brasil Em nossa terra, inicia-se em 1836 com a publicação, na França, da Nictheroy - Revista Brasiliense, por Gonçalves de Magalhães. Esses poemas foram escritos entre os anos de 1823 e 1864 e representam a tradição romântica européia do amor verdadeiro e a temática nacionalista do índio e da natureza. br This feature is not available right now. Os personagens são idealizados e com os quais os leitores, principalmente jovens e mulheres, identificavam-se. A primeira geração romântica no Brasil é conhecida por nacionalista indianista. Essa tendência foi explorada anteriormente pelo movimento do barroco, com obras de José de Anchieta: Arte de Gramática da Língua mais usada na costa do Brasil, Poema à Virgem e A Cartilha dos Nativos. O Romance Indianista, tipicamente brasileiro, foi um das principais tendências do nosso Romantismo. 3º Romantismo (ou terceira geração): de 1860 a 1870, é considerado momento de transição, por já anunciar o Realismo. Quarta etapa: Abordando a primeira fase romântica os alunos pesquisarão sobre a biografia de Gonçalves Dias [3] (sugestão de site, mas podem pesquisar em outros), nosso maior indianista romântico, que possuía sangue indígena (filho de uma guajajara com um português). O indianismo foi uma das principais tendências do Romantismo brasileiro. Mas nas representações típicas do primeiro Romantismo – o da chamada geração indianista – o negro nem existe na paisagem literária: o que funda a nação é a mistura – quando não a amizade – entre índios e europeus. No Brasil, o Romantismo desenvolveu-se principalmente nos gêneros romance e poesia. A imagem da pátria brasileira acabou sendo redesenhada pela literatura a partir de diferentes romancistas que representaram essa vertente. O Romantismo brasileiro nasce das possibilidades que surgem com a chegada da família real em 1808. O poeta da Canção do Exílio nasceu no Maranhão (1823) e morreu na Costa Maranhense (1864). Iniciou-se na segunda década após a independência e vigorou até as vésperas da República. O nacionalismo possui destaque principalmente pela Independência do Brasil, que acabara de acontecer no ano de 1822. Dessa necessidade de caracterização surgiu a primeira fase do Romantismo: a Indianista (ou Nacionalista). e) A narrativa romântica de caráter "regionalista" tematizou, de forma idealizada, a vida e os costumes do "brasileiro" do interior. Assim é que no Romantismo brasileiro podemos reconhecer três gerações: Primeira Geração – geração nacionalista ou indianista. Neste vídeo o professor João Marcos De Camillis fala sobre "Romantismo - Indianismo". O índio surge como herói, representando o Brasil e os brasileiros, sendo corajoso, heróico, forte, idealizado. 09-06-2013. O romantismo no país durou anos e deu lugar ao realismo. O romance estava em ascensão na Europa e não tardou a fazer sucesso também por aqui. • Nacionalismo - Os textos exaltavam a pátria e a natureza, tida como um lugar de maravilhas. O ROMANCE INDIANISTA _____ Estudos Literários O Romance Indianista, tipicamente brasileiro, foi um das principais tendências do nosso Romantismo. No Brasil, o Romantismo desenvolveu-se principalmente nos gêneros romance e poesia. Gonçalves de Magalhães foi o introdutor do Romantismo no. O Romantismo surgiu no Brasil poucos anos depois de nossa inde… - Primeira geração: nacionalista, indianista e religiosa, com… Compreendida entre os anos de 1836 e 1852, a primeira geração…. Em resumo o Romantismo no Brasil coincidiu com o movimento de independência política do Brasil, em 1822, em que se enfatizava as belezas da então colônia portuguesa. Contexto histórico, autores e obras do Romantismo A chegada da corte portuguesa ao Rio de Janeiro, em 1808, suscitou um amplo processo de urbanização da nova capital do Império Português. Romantismo - Poesia Vestibular Marcada por três gerações, esta escola literária começa idealizando a pátria e a mulher inacessível, atravessa um período de escuridão permeado por morte e pessimismo, e aterrissa em uma poesia engajada socialmente e com toques de sensualismo. (PUC) Assinale a alternativa que identifica as qualidades do Romantismo presentes no poema "O poeta", de Álvares de Azevedo: "No meu leito adormecida, Palpitante e abatida, A amante do meu amor! Os cabelos recendendo Nas minhas faces correndo Como o luar numa flor!" a) É do Romantismo, pela imagem da mulher amada idealizada. Romantismo no Brasil A implantação do Romantismo no Brasil está ligada ao projeto de construção nacional no século XIX, que foi a mudança da família real para o Rio de Janeiro, a elevaçao do Brasil para reino entre outros marcos. O Romantismo no Brasil teve como marco a publicação do livro de poemas de Domingos José Gonçalves de Magalhães (1811-1882), intitulado "Suspiros poéticos e saudades", em 1836. A Natureza era bela, o índio o herói. Em terceiro lugar, a difusão européia do Romantismo tomou como românticas as formas pré-românticas da Inglaterra e da Alemanha, privilegiando, portanto, apenas o sentimentalismo em detrimento da complicada reflexão do Romantismo de Jena. A Poesia Romântica O Romantismo no Brasil Guardai os louros vossos, Guardai-os, sim, qu'eu hoje os renuncio. A primeira delas, chamada de geração “nacionalista ou indianista” tinha por objetivo divulgar uma identidade nacional que, além, de promover o sentimento de amor à pátria também nos libertasse das influências literárias portuguesas. São poesias de um peregrino, variadas como as cenas da natureza, diversas como as fases da vida, mas que se harmonizam pela unidade do pensamento e se ligam como os anéis de uma cadeia; poesias d'alma e do coração, e que só pela alma e o coração devem ser julgadas […]" Características do Romantismo no Brasil. Em Portugal o processo de instauração do Romantismo foi lento e incerto. Morreu em Roma, em 1882. Uma das características marcantes de nosso Romantismo é o nacionalismo, que busca explorar possibilidades como indianismo, regionalismo, pesquisa histórica, folclórica e linguística, além das críticas aos problemas nacionais;. A saída que preconizam é a denúncia social e a repulsa á condição humilhante do ser humano escravizado. Romances indianistas Afirmar a identidade brasileira, significava em primeiro lugar valorizar nossos traços autóctones, isto é, aqueles que aqui já existiam antes da chegada dos colonizadores. O Romantismo é um movimento estético e cultural que predominou no Ocidente durante o final do século XVIII e início do século XIX. Uma obra publica em 1774 – o romance: Os sofrimentos do jovem W erther, do escritor alemão Goethe – pode ser considerado o marco inicial da escola romântica na Europa. Dê-me um cigarro Diz a gramática Do professor e do aluno E do mulato sabido Mas o bom negro e o bom branco Da Nação Brasileira. Contexto Histórico no Brasil O período romântico no Brasil inicia em 1836 com a publicação da obra suspiros poéticos e saudades por Gonçalves de Magalhães e acaba em 1881 com a publicação do romance realista Memórias Póstumas de Brás Cubas Machado de Assis. No Brasil, o Romantismo se reveste de um marcante conteúdo nacionalista e de exaltação dos elementos nacionais, pois corresponde ao momento de luta pela emancipação politica e de afirmação da nossa nacionalidade. Romantismo. Na poesia, na Primeira geração romântica, Gonçalves Dias e seu poema I-Juca Pirama mostram um índio virtuoso, corajoso, nobre de caráter. Poesia engajada (que assume um posicionamento crítico) através de um nacionalismo crítico. Assim, a virgem idealizada dá lugar a uma mulher de carne e osso e sensualizada. A produção poética desse autor pode ser caracteri-zada da seguinte forma: 1-( ) na poesia indianista, predomina uma sensibilidade plás-tica singular, moldada por um cenário natural tipica-. No país, entretanto, o romantismo perdurará até à década de 1880. Poesia lírica e indianista, de Gonçalves Dias Esta coletânea reúne os mais expressivos poemas indianistas e líricos de Gonçalves Dias (1823-1864). Podemos afirmar que essa liberdade de expressão é uma das características típicas do Romantismo e constitui um aspecto importante para a evolução da literatura ocidental. A representação do Índio no romantismo indianista possuiu algumas características marcantes que serviram para caracterizar esse período literário. Principais autores ⇒ Principais autores da poesia na primeira geração do Romantismo no Brasil - Domingos José Gonçalves de Magalhães - Antônio Gonçalves Dias. • Romantismo é movimento de reação à nova realidade, não proposição de algo novo. O indianismo foi uma das principais tendências do Romantismo brasileiro. Romantismo no Brasil – Poesia O Romantismo no Brasil inicia-se no ano de 1836, tendo como marco inicial a obra Suspiros Poéticos e Saudades, de. Romantismo e Poesia - Literatura Enem, Encceja e Vestibulares O Romantismo está em peso no Vestibular e Enem. Se ainda não teve a oportunidade de ler tais versos, não se preocupe, o poema segue logo abaixo, na sua íntegra:. A palavra romantismo é o comportamento caracterizado pelo sonho, pelo devaneio, por uma atitude emotiva diante das coisas, que pode ocorrer em qualquer época da história. O prestígio do indianismo - que trazia o índio e os costumes indígenas como foco literário - junto ao público foi amplo e imediato. Mas coube à Alemanha e à Inglaterra um papel pioneiro com relação à nova tendência. Casimiro de Abreu escreveu As Primaveras, Poesia e amor, etc. No romance indianista, o índio era o foco da literatura, pois era considerado uma autêntica expressão da nacionalidade, e era altamente idealizado. Outros famosos escritores dessa fase são Lord Byron, Victor Hugo e Goethe. Tradicionalmente, o Romantismo brasileiro é dividido em três diferentes fases, também chamadas de gerações. O prestígio do indianismo - que trazia o índio e os costumes indígenas como foco literário - junto ao público foi ampl. Dele destacou-se Gonçalves Dias, na poesia, e José de Alencar, na prosa. Destacam-se os poetas Gonçalves Dias e Gonçalves Magalhães. Neste período, que se iniciou por volta de 1850, a poesia vinha de encontro às ideias e temáticas da geração anterior: o eu-lírico volta-se mais para si e afasta-se da realidade social à sua volta. Contexto histórico, autores e obras do Romantismo A chegada da corte portuguesa ao Rio de Janeiro, em 1808, suscitou um amplo processo de urbanização da nova capital do Império Português. Não era um grande poeta e é considerado um poeta importante apenas pela introdução do Romantismo com seu livro Suspiros poéticos e saudades. Além de mostrar as belezas da cidade, as festas, os pontos turísticos, também apontava suas falhas, a hipocrisia e a superficialidade das pessoas. 1ª Geração – nacionalista, indianista e religiosa. O que se vê no Modernismo é, na verdade, a negação desta pureza e a valorização de uma cultura marcada pelas diversas contribuições raciais. · Poesia lírica: a natureza e o amor, este como expressão dos desejos sexuais. Embora fosse voltado para a poesia religiosa, como fica claro em Suspiros poéticos e saudades, também cultivou a poesia indianista de caráter nacionalista, como no poema épico A Confederação dos Tamoios (esta obra lhe valeu agitada. O romantismo é a arte das paixões, não necessariamente no sentido amoroso, mas sim no apego a ideais e sentimentos. Share on facebook Share on twitter Share on whatsapp Share on email Share on linkedin A GERAÇÃO INDIANISTA – CARACTERÍSTICAS MEIRELLES, Victor. Autores como Castro Alves, Tobias Barreto e Sousândrade tiveram grande destaque nessa geração que também marcou a transição para o realismo. nossa literatura a conotação de um movimento anticolonialista e antilusitano, ou seja, de rejeição à literatura produzida na época colonial, em virtude do apego dessa produção aos modelos culturais portugueses. Seu avô, o importante pintor Nicolau Antônio Taunay, foi um dos chefes da Missão Artística francesa, que veio para o Brasil a convite de D. São poesias de um peregrino, variadas como as cenas da natureza, diversas como as fases da vida, mas que se harmonizam pela unidade do pensamento e se ligam como os anéis de uma cadeia; poesias d'alma e do coração, e que só pela alma e o coração devem ser julgadas […]" Características do Romantismo no Brasil. A primeira geração romântica no Brasil é conhecida por nacionalista indianista. Cada uma dessas 3 gerações valoriza especialmente uma das 3 características fundamentais do Romantismo. No final do Romantismo brasileiro, a partir de 1860, as transformações econômicas, políticas e sociais levam a uma literatura mais próxima da realidade; a poesia reflete as grandes agitações, como a luta abolicionista, a Guerra do Paraguai, o ideal de República. No romantismo brasileiro podemos reconhecer três gerações: geração nacionalista ou indianista; geração do "mal do século" e a "geração condoreira". A imagem da pátria brasileira acabou sendo redesenhada pela literatura a partir de diferentes romancistas que representaram essa vertente. O exílio do poeta, em Portugal, era por conta de seus estudos acadêmicos, perceba o saudosismo e o patriotismo do poeta, ligados liricamente à natureza do Brasil. Ou melhor, aqui são os advérbios e os pronomes a razão da poesia, quer dizer, sem os advérbios onde, aqui, lá, cá, mais, sozinho; os possessivos minha e nosso e o demonstrativo tal não haveria poesia nenhuma. - Modelo dexa de ser lord Byron para ser Victor Hugo (Os Miseraveis – 1862) - Poemas sociais = condoreiros (força do discurso: convencer, conscientizar as massas, comover). a) Pelas ínúmeras guerras havidas na época do Romantismo. pouco deveu às literaturas estrangeiras, consolidando de forma homogênea a inclinação sentimental e o anseio nacionalista dos escritores da época. Obra: Canção do exílio; e Araújo Porto Alegre que fundou com os outros dois a Revista Niterói-Brasiliense. Arial Tahoma Times New Roman Wingdings Comic Sans MS Wingdings 3 Webdings Tremido Foto do Microsoft Photo Editor 3. O Romantismo como escola literária tem suas primeiras manifestações no século XVIII nos países europeus mais desenvolvidos, como Alemanha e Inglaterra. Uma obra publica em 1774 – o romance: Os sofrimentos do jovem W erther, do escritor alemão Goethe – pode ser considerado o marco inicial da escola romântica na Europa. O romance estava em ascensão na Europa e não tardou a fazer sucesso também por aqui. O cearense José de Alencar é considerado o precursor do romantismo no Brasil principalmente de caráter indianista, nacionalista e regionalista. É neste segmento de sua poesia que encontramos alguns lugares-comuns do romantismo, tais como pessimismo, individualismo, sentimentalismo, insatisfação.